atendimento

Atendimento dos mais variados casos que venham atrapalhar o dia a dia.

Abaixo alguns tipos de situações de sofrimento psíquico. Atendemos outros existentes;

 

1 - ansiedade; 
2-  crise do pânico; 
3 - depressão;  
4 - stress (incluindo stress pós traumático);
5 - lutos diversos;
6 - fobia; 
7 - apatia; 
8 - auto estima;  
9 - ditúrbios alimentares (anorexia, bulimia,  compulsão alimentar, obesidade); 
10 - drogas (todas inclusive alcoolismo e tabaco);
11 - Bullying; 
12 - conflitos amorosos;
13 - coodependência; 
14 - medo; 
15 - suicídio; 
16 - desconfortos relacionados à sexualidade (incluindo pedofilia); 
17 - desmotivação; 
18 - distúrbios do sono;

19 - doenças psicossomáticas; 
20 - dor;  
21 - mutilação; 
22 - estupro; 
23 - DST (doenças sexualmente transmissíveis. Ex: HIV);
24 - TAG transtorno de ansiedade generalizada;
25 - timidez;
26 - TDAH transtorno de déficit de atenção e hiperatividade; 
27 - TOC transtorno obsessivo compulsivo;
28 -  tricodilomania (impulso de arrancar pelos, fios ou tufos de cabelo)

29 - Abortos

30 - Cleptomania

PSICANALISTA, PSICÓLOGO OU PSIQUIATRA?

 

O psicanalista possui uma longa e contínua formação em psicanálise, que se caracteriza por um referencial teórico e metodológico específico que também pode ser adotado por psicólogos, médicos ou outros profissionais. O psicólogo é um profissional graduado em psicologia e pode se especializar tanto em psicanálise como em outras abordagens psicológicas, cada qual com suas técnicas, baseadas em seu próprio entendimento do ser humano. Já o psiquiatra é um profissional que cursou medicina, especializou-se no tratamento de sofrimentos mentais e está habilitado a prescrever medicamentos como parte do tratamento.

gallery/novo_consultorio